O produto não é a marca!
COLORBLOG #10
Hello pessoa!
tudo bem?
Espero que sim!
Antes começar, repita em voz alta, meu produto não é minha marca!
Agora vamos lá,
nada mais fácil do que exemplos para explicar, coca-cola, conhece né?
Então, ,mas antes que você  fale, ah mas é uma marca grande…
Mas a ideia é só pegar um exemplo que todos conheçam, mas o que vou falar é independente de tamanho de marca.E lembrando que toda marca tem um começo.
Vamos imaginar que, de hoje para amanhã a coca-cola seja proibida de vender seu produto mais conhecido , aquele líquido preto, e aí? 
Mas e aí o que acontece com a marca? ela acaba? vai à falência?
Não! de forma alguma, porque a coca-cola é uma marca que durante anos vem se fortalecendo, nunca parou de investir em comunicação e hoje é muito mais que um único produto. Ela possui  roupas dessa, tennis, diversas bebidas, inclusive água. E sem contar tudo que a marca apoia, eventos, enfim..
Ela criou um ambiente em que pode lançar outros produtos, dos mais diversos segmentos que as pessoas vão reconhecer a marca. 
E é assim que deve ser, você deve fortalecer a sua marca, as pessoas devem confiar nela, para que, seja lá o que você for vender, produto ou serviço, a pessoa pense, “ah é de marca tal, posso confiar, ou eu gosto dessa marca!”
Esse é só um exemplo, mas existem vários. E se você trabalha com serviços também, se você é da área da beleza por exemplo, sua marca sendo forte, você pode começar fazendo procedimento, depois ministrar cursos, vender produto da mesma linha, ou abrir um espaço e ter diversas profissionais trabalhando pela sua marca, não importa se tem alguém ali que faz o que você nunca fez, se as pessoas confiam na sua marca e você possui um padrão de qualidade e toda estiverem no mesmo propósito. você vai ter clientes para esse serviço e assim por diante. 
Temos que lembrar que um produto, um serviço pode sumir, pode acabar.. mas sua marca não, o seu legado não..
O starbucks por exemplo, com o passar dos anos retirou o coffee do logo, hoje vende mais do que café, e a marca só cresceu.
Então se você nunca pensou nisso, pense! 
É cada dia mais necessário estar pronto para se reinventar. Tudo muda rápido demais!
Sua marca precisa ter um propósito maior, maior que a venda, maior que o seu preço, maior que o seu produto e serviço. Precisar entregar valor verdadeiro.

Gostou? Então compartilha e ajuda nossa visão chegar mais perto.