Colorbrand
01
/
01
/

Biomimética : a natureza como solução.

Olá pessoal ! 


Tudo bem com vocês? Sanidade mental ta ok? Espero que sim, pq na quarenta a minha ta oscilando hahaha brincadeiras a parte.

Enfim,
lembram que no post passado, eu citei a biomimética?

Então, hoje vou falar sobre esse assunto e como conheci.

Ano passado, em novembro fomos para o Pixel Show um big evento de criatividade que rola em São Paulo todos os anos.
Durante os 3 dias de evento, aconteceram diversas palestras simultâneas, feira de criatividade, experiências e tudo mais.


Tivemos a oportunidade de absorver muita coisa, entre essas palestras optamos por uma de Biomimética, que foi ministrada pela Giane Brocco, CEO da Amazu.

Foi a primeira vez que eu tive contato com o assunto, ela deu uma explicação geral sobre o que era e apresentou diversos exemplos, de uma forma clara e didática.
Depois disso eu continuei buscando saber mais sobre, a palestra plantou uma sementinha e é isso que quero fazer hoje com vocês.

É um assunto INTERESSANTÍSSIMO e é o futuro. Na verdade são as mais antigas soluções sendo aplicadas no futuro.

Como assim?

As empresas buscam se destacar todos os dias com novos produtos e ignoram a maior inspiração do universo: a natureza.
Com quase 4 bilhões de anos de história, é evidente que organismos e ecossistemas podem ajudar a resolver e compreender diversos problemas.

O estudo procura observar o mundo natural de várias formas, com o intuito de copiar soluções e aplicar.
Uma ferramenta de inovação, permitindo a criação de serviços e produtos sustentáveis e funcionais.
Em resumo, a biomimética aplica soluções da natureza na nossa vida e nas empresas.

A Giane Brocco repetiu algumas vezes que quando pensamos em um problema , a natureza já pensou nele  e já resolveu.

Vou citar alguns exemplos e vai ficar mais fácil de entender.

Trem-bala inspirado em pássaro

Trem-bala e martin-pescador (Fonte da imagem: Sam Doshi/wildxplorer)


No Japão, alguns trens-balas podiam alcançar a velocidade de 300 km/h, mas o som emitido por eles ultrapassava os padrões ambientais de poluição sonora.
Uma das causas desse resultado indesejável era a onda de pressão atmosférica criada pelo trem quando ele entrava em um túnel estreito, causava na saída, uma explosão sônica e uma vibração sentida por moradores que estavam a até 400 metros de distância do local. Parte do problema estava no design do nariz do trem.

Além disso, ao entrar nesses túneis, os engenheiros perceberam que o veículo também enfrentava uma mudança drástica na resistência do ar. Não demorou muito até que encontrassem um exemplo na natureza de um animal que passasse por condições semelhantes, diariamente.

A solução do problema foi encontrada por Eiji Nakatsu, engenheiro e observador de pássaros, que usou o martim-pescador como inspiração. A ave, que precisa mergulhar para se alimentar ― trocar rapidamente de um ambiente de baixa resistência (ar) para um com muita resistência (água) ―, possui a aerodinâmica perfeita para essa situação.

Depois de remodelar o nariz do trem-bala para um formato similar ao bico do martim-pescador, os trens não passaram apenas a viajar de maneira mais silenciosa, mas também se tornaram 10% mais rápido e 15% mais econômicos.

Shopping inspirado no cupinzeiro

Os cupins são grandes construtores da natureza. Suas colônias chegam a medir até 8 metros de altura. As “paredes” são feitas com partículas do solo misturadas com a saliva desses pequenos operários e resistem a diversos riscos externos, como fenômenos naturais e alguns predadores.

Shopping do Zimbabwe e Cupinzeiro (Fonte da imagem: Wikipedia)

Mas o que chama mesmo a atenção em um cupinzeiro é o fato de que ele ser construído de forma a manter um ambiente com temperatura, umidade e ventilação precisamente controladas. Essa foi a inspiração para o sistema de refrigeração do Eastgate Centre, um shopping na cidade de Harare, Zimbabwe.

O edifício foi construído de forma que autorregula a temperatura interna, fazendo com que o ambiente seja sempre agradável para os funcionários e consumidores, dispensando um sistema de ar-condicionado comum. Com isso, foi possível economizar no gasto com energia elétrica e ter baixos aluguéis de lojas.

Esses são só alguns dos milhares de exemplos. A biomimética vem ganhando cada dia mais espaço, considerando nosso cenário atual, as empresas precisam buscar soluções que sejam menos degradantes e nocivas a natureza, existe cada vez mais a necessidade de soluções naturais que mudem parâmetros industriais e econômicos.

Muitas empresas já buscam consultorias e profissionais para auxiliar e direcionar formas de trabalho com a biomimética, se você pesquisar no google vai encontrar diversos exemplos dentro e fora do Brasil.

Reconhecer a sabedoria acumulada por bilhões de anos pela natureza e reconectar-se a ela é o ponto de partida da biomimética.
Não há nada de novo em ter a natureza como guia: se não fossem os pássaros, provavelmente não teríamos os aviões. Contudo, a biomimética traz duas novidades: a conscientização da natureza como fonte de inspiração e a sistematização da pesquisa por meio de uma metodologia não linear, repleta de ferramentas. (ZANON,2020)

O meu texto trouxe o assunto de forma bem sintetizada, mas se você gostou e se interessou, na internet tem muito material disponível, inclusive no perfil de Amazu, uma empresa de consultoria.

E sempre que aparecer um problema, pense, como a natureza resolveria isso? porque sem dúvidas ela já tem uma solução.

A natureza é perfeita.

Beijo e até a próxima!
Camila <3



ZANON, Sibélia.Biomimética: tecnologia inspirada na natureza avança no Brasil. Mongabay , 2020. Disponível em : https://brasil.mongabay.com/2020/03/biomimetica-tecnologia-inspirada-na-natureza-avanca-no-brasil/ acesso em: 10/05/2020


5 tecnologias inspiradas pela natureza. Tecmundo, 2011. Disponível em:
https://www.tecmundo.com.br/ciencia/12821-5-tecnologias-inspiradas-pela-natureza.htm acesso em: 10/05/2020